<b>O que nos motiva</b> por Vìvian Razel - CBA - Comissão Brasileira de Agility
O que nos motiva por Vìvian Razel
Notícia publicada dia: 25/04/2011

Por Vívian Razel

Terminamos mais um Campeonato Brasileiro, o 12º da nossa história. Alguns condutores participam desde o 1º, outros, estrearam nesse. Aproximadamente 130 condutores deixaram a marca de seus passos nas pistas no XII Brasileiro. São Paulo (capital e interior), Rio de Janeiro, Brasília, Minas Gerais, Paraná, Santa Catarina, Rio Grande do Sul marcaram sua presença.

E assim, o Agility vai sendo formado de histórias individuais. E para cada pessoa ele tem uma representação, um grau de ocupação, um peso diferente.

Ouvimos a opinião de condutores que competem oficialmente para saber o que os motiva a participar desse Campeonato.

Desafios, evolução, aprendizado e diversão são palavras citadas por Felipe Coelho, que está em pistas desde 2002, e participou desse Campeonato com sua Border Collie Sushi. Obteve seu primeiro resultado expressivo em 9 anos de prática terminando em 2º lugar no Ranking grau 1 midi. Antes disso, seu melhor resultado foi 40º lugar no grau 1 standard com seu labrador, hoje aposentado, Hórus no X Brasileiro. Também competiu com Redy, Amy e Pepper, cães que não são dele. Sua história mostra que a persistência e superação fazem parte dessa trajetória.

Já Vivyane Specian (foto ao lado), aproveitou esse campeonato para experimentar conduções mais arrojadas com a Meg, como forma de treino para depois aplicar em sua nova cachorra. “Como tenho uma filhote para estrear, achei que deveria testar com a Meg antes, para aprender e aperfeiçoar mais”, conta.

Colocar à prova o treinamento realizando exercícios propostos pelos árbitros é o que motiva Guilherme Trevisani. Diz que “Ainda que a comparação com as duplas concorrentes seja importante, nem de longe é o principal. Me importa mais o desempenho da dupla em função da expectativa”.

Participar do campeonato este ano foi e é uma passagem para um tempo melhor no futuro, com mais esperança” são as palavras que resumem esse Brasileiro para Regina Aoki (foto ao lado) que enfrentou nos 3 últimos anos tempos difíceis: “... estive sem técnico há mais de 3 anos, treinando sozinha... 3 dos meus cães ficaram doentes, inclusive com o falecimento da Pink... e o primeiro cachorro MEU que perdi” relata. Com tudo mais controlado agora, Regina participou desse Brasileiro sem stress e com divertimento.

O Agility é um das poucas atividades físicas que se faz juntamente com nosso companheiro, o cão. E parece que alguns realmente entendem e gostam disso. Meire vê em Pyatã o seu maior incentivo, “ele ama fazer Agility, correr, saltar, voar da gangorra, entrar em túnel”, conta. Além disso, acha “o Campeonato Brasileiro é muito interessante, pois tem etapas realizadas fora da Grande São Paulo e nestas provas além de revermos os amigos do Agility conhecemos novos lugares e novas pessoas, temos a oportunidade de interagir com amantes de cães que não conhecem o Agility e estão ali por curiosidade” e completa dizendo que “vendo os resultados atuais não desanimo, pois o Agility não é só competição é também diversão, é um HOBBY” e complementa: “desde 2005 quando conheci o agility participei de TODOS Campeonatos Brasileiros, primeiro com a Núbia e agora com o Pyatã” . Este é o segundo campeonato brasileiro da Meire com Pyatã no grau 3. No XI BR, terminou em 5º lugar e no XIIBR em 7º.

A família Ferigatto (Miguel e Edilene que está na primeira foto da matéria) está, como próprios se definem, “completamente inseridos no Agility. Onde tenha Agility oficial ou não, se o bolso e tempo permitirem, estaremos presente.” O diferencial do Brasileiro para eles é “contar com a presença dos amigos distantes, amigos que o Agility nos trouxe. Assim, o Brasileiro acaba sendo para mim, a grande confraternização nacional dos agilitistas.”

O resultado dentro de pista é conseqüência e não está como determinante para a prática do Agility. Os prazeres que ele oferece, ultrapassam esses pontos; é assim, cheio de encantos, desafios, superações, conquistas e amizade.

Central de Carteiras
Últimas Solicitações
Renovação de Carteira
Novas Carteiras
Buscar uma Carteira
Noticias