IICMG: Agility até debaixo de chuva - CBA - Comissão Brasileira de Agility
IICMG: Agility até debaixo de chuva
Notícia publicada dia: 30/07/2014
Por Juliana Faria, jornalista e social media.

As etapas finais do II Campeonato Mineiro de Agility aconteceram neste fim de semana (26 e 27/07) em Divinópolis para fechar um ciclo que teve início na cidade de Itaúna em fevereiro deste ano.

Como as quatro etapas anteriores, a emoção foi à flor da pele, mas desta vez com um gostinho especial, já que a final, para mim, seria “em casa” e havia uma nova dupla para torcer em especial.

A previsão de tempo para aquele fim de semana já avisava: chuva em pleno mês de julho na sexta-feira, no sábado e no domingo. E choveu. No sábado ainda houve uma trégua durante as pistas, mas no domingo a chuva foi constante. E nossas duplas estavam lá, vindas de Belo Horizonte, do Rio de Janeiro e de São Paulo, debaixo de água, correndo e se divertindo.

A chuva, aliás, não foi empecilho nenhum para a diversão. O clima dentro e fora das pistas estava perfeito, com direito a vários agradecimentos a acolhida mineira.

Essa energia positiva ajudou até Adriano Soares, coordenador do Campeonato Mineiro. Recém-operado do menisco do joelho esquerdo, Adriano se empenhou no tratamento fisioterápico com o prazo de apenas duas semanas para estar apto a participar da grande final do campeonato. No primeiro dia, o coordenador sentiu e não conseguiu participar da segunda pista. Já no domingo, pode-se perceber a sintonia entre o condutor e o Border Collie Brad, que soube acompanhar o ritmo mais lento de seu parceiro, alcançando assim o primeiro lugar da Categoria Standard do Grau II.

Entre as quase 40 duplas presentes, uma estreante para encher de orgulho a mim que fui novamente responsável pela transmissão ao vivo do campeonato via internet. Meu namorado Ítalo Bruno e o cãozinho SRD Luke debutaram diante de uma plateia que não se abateu com a chuva. E começaram já como 2º lugar em sua categoria no primeiro dia do evento. No segundo dia, a dupla não se deu tão bem, não pontuando, mas que foi uma boa estreia, não há como discordar.

Todos ali, de certa forma, tiveram algum grande obstáculo para transpor e se consagraram, sejam as duplas que disputaram uma final pela primeira vez, sejam as duplas diante da chuva e do frio, todos se superaram, inclusive eu, que abracei a ideia de uma transmissão ao vivo sem saber se poderia dar certo ou não, algo deste tipo nunca tinha sido feito em todas as etapas de um campeonato no Brasil.

Parabéns a todos os envolvidos, participantes, organizadores, patrocinadores, juízes, enfim, a toda a família Agility de Minas Gerais!

Central de Carteiras
Últimas Solicitações
Renovação de Carteira
Novas Carteiras
Buscar uma Carteira
Noticias