Samir Analiza: <b>Patrick Servais e Thor</b> - CBA - Comissão Brasileira de Agility
Samir Analiza: Patrick Servais e Thor
Notícia publicada dia: 29/04/2008
Olá amigos agilitistas,

O vídeo que comentarei a seguir é de Patrick Servais e Thor. A passagem aconteceu no Mundial de 2007, na Noruega, na pista do Agility Midi individual. Para quem não sabe, o Patrick é um dos meus grandes mestres do Agility. Ele é um cara que faz Agility sem medo de errar, trabalha sempre no limite de seus cães e conseqüentemente sempre obteve excelentes resultados.

É bom ressaltar aqui que ele não sabe só de agility, ele tem muito conhecimento sobre Comportamento Canino e Pastoreio e isto com certeza facilita muito o trabalho com os cães no agility.

Vamos ao vídeo:




O principal destaque do vídeo é a maneira como Patrick conduz atualmente. Ele trabalha muito com pivôs cegos, o que na minha opinião é muito bom, pois você está sempre a frente do cão fazendo com que ele venha o mais rápido possível até você.

Podemos observar que dos obstáculos 1 ao 5 Thor tem uma excelente trajetória, isso se deve ao pivô cego muito bem aplicado entre os obstáculos 2 e 3.

Depois entre os obstáculos 6 ao 10 observaremos mais uma vez uma ótima condução. Thor faz a rampa corrida e Patrick já o chama muito rápido em direção aos obstáculos 7 e 8. O pivô cego aplicado entre os obstáculos 7 e 8 é bom, mas aí a dupla perde alguns centésimos. A seguir, nos obstáculos 9 e 10, novamente uma trajetória muito boa e o obstáculo 10, a gangorra, foi feita no limite.

Os obstáculos 11, 12 e 13 foram muito bem trabalhados, Thor tem uma excelente trajetória antes de entrar na passarela. A seguir a passarela podemos notar que Thor vai muito rápido em direção ao obstáculo 16, o túnel. Isso se deve a zona rápida na passarela e ao posicionamento de Patrick, que já estava bem adiantando fazendo com que Thor não tivesse dúvidas. É uma pena a falta que tiveram na descida da passarela.

A seguir ao túnel podemos notar Thor vindo muito rápido em direção aos obstáculos 17, 18 e 19, isso se deve ao chamado e ao posicionamento de Patrick após o túnel. Entre os obstáculos 19 e 20, a dupla perde mais algum centésimos, pois Thor abre um pouco na trajetória. Em compensação, Patrick o chama muito rápido e aplica mais um pivô cego, isso acabou fazendo com que o prejuízo não fosse tão grande assim.

Foi com grande orgulho que comentei esse vídeo, na minha opinião Patrick é um dos Ícones do agility mundial!

Saudações Agilitistas,

Samir Abu Laila

Central de Carteiras
Últimas Solicitações
Renovação de Carteira
Novas Carteiras
Buscar uma Carteira
Noticias