<b>Entrevista com o árbitro Luiz Narciso</b> - CBA - Comissão Brasileira de Agility
Entrevista com o árbitro Luiz Narciso
Notícia publicada dia: 20/06/2008
Estamos cada vez mais próximos das etapas finais do Campeonato Brasileiro. Alguns competidores não o conhecem, mas competirão em suas pistas no próximo final de semana. Aos competidores que já o conhecem, podem ver o que esperar das pistas do nosso árbitro convidado. Estamos falando de Luis Narciso.

Confira agora a entrevista!

CBA (Renan Campos)Qual a sua experiência no Agility?

LN - Comecei a praticar agility no início do agility em Portugal, em 1992. Comecei a participar com dois Perdigueiros Portugueses, e depois participei em provas com Goldens Retrievers, Boxers e Cocker americano. Nos últimos anos participei com um Pastor Belga Tervueren que neste momento está aposentado devido a uma cardiopatia. Sou juíz desde 1998, tendo julgado cerca de 100 provas em Portugal, Espanha, Brasil, República Checa, Finlândia e Noruega.

CBA (Renan Campos) Como está o Agility em Portugal hoje?

LN - O agility em Portugal está talvez a recuperar de altos e baixos que já teve. Temos presentemente 2 ou 3 duplas que podem competir pelos primeiros lugares em provas internacionais.

CBA (Renan Campos) Você já esteve no Brasil em outras ocasiões, julgando as seletivas para o Mundial. O que você espera encontrar dos condutores brasileiros agora, no final do Campeonato Brasileiro?

LN - Quando julgo no Brasil espero sempre encontrar qualidade muito elevada quer do ponto de vista técnico de condução como em velocidade. Quero aqui reconhecer publicamente que aprendi muito com alguns condutores do Brasil.

CBA (Renan Campos) Como foi para você julgar o Mundial de Agility de Porto, em 2001?

LN - Julgar o Mundial de 2001 foi uma experiência inesquecível, não só pelo evento em si e com toda a responsabilidade que ele acarreta, assim como por toda a preparação prévia que tive de fazer, tendo julgado muito e em vários países no ano anterior ao evento. Contribuiu sem dúvida não só para o meu crescimento como juíz, assim como foi um enriquecimento pessoal como cidadão.

CBA (Renan Campos) O que você espera dos condutores e dos cães quando julga um percurso de Agilty?

LN - O meu primeiro desejo é que ninguém elimine, se possível ninguém tenha faltas de percurso ou de tempo, e que no fim ganhe o melhor. Claro que isto é um pouco utópico e assim quero só a última parte… que ganhe o melhor. De qualquer forma, estamos perante uma atividade esportiva e como tal espero também confraternização, amizade e respeito entre todos.

CBA (Renan Campos) O que você pode falar sobre o estilo de suas pistas?

LN - Gosto de velocidade e não gosto daquelas dificuldades muito gastas como túneis debaixo da Rampa ou da passarela. Definitivamente não gosto da mesa... Não gosto de cães parados em pista.

CBA (Renan Campos) Algum recado para os condutores brasileiros?

LN - Sempre um sorriso do princípio ao fim da prova aconteça o que acontecer!!!

Agradecemos ao Luis Narciso por nos responder e agora só nos resta esperar para ver suas pistas. Boa sorte a todos!

Renan Campos
*Colaborou Marta Pires.

Central de Carteiras
Últimas Solicitações
Renovação de Carteira
Novas Carteiras
Buscar uma Carteira
Noticias