1ª Reunião da Comissão de Arbitragem - CA - CBA - Comissão Brasileira de Agility
1ª Reunião da Comissão de Arbitragem - CA
Notícia publicada dia: 27/07/2008
DECIDIU A CA DIVIDIR OS JUIZES EM QUATRO GRUPOS

C – APENAS JULGAM INICIANTE E GRAU 1
B – APENAS PODEM JULGAR INICIANTE , GRAU 1 E GRAU 2
A – APENAS PODEM JULGAR INICIANTE , GRAU 1 , GRAU 2 , OPEN 2 E 3 E GRAU 3.

INTERNACIONAIS – PODEM JULGAR TODOS OS GRAUS MAIS PROVAS INTERNACIONAIS

PARA PASSAR DE GRUPO CADA JUIZ DO GRUPO C SERÁ INFORMADO PELA CA DA CBA QUE PROVAS IRÃO SER OBSERVADOS PARA PASSAGEM DE GRUPO.

A CA TERÁ DOIS ARBITROS INTERNACIONAIS NOMEADOS PARA ESSA OBSERVAÇÃO. NO FINAL AMBOS ELABORAM UM RELATÓRIO DANDO NOTA POSITIVA OU NEGATIVA PARA PASSAGEM AO GRUPO B TERÁ O ARBITRO DE TÊR NO MINIMO TRÊS NOTAS POSITIVAS COM DOIS ÁRBITROS DIFERENTES.

PARA PASSAR DE GRUPO CADA JUIZ DO GRUPO B SERÁ INFORMADO PELA CA DA CBA QUE PROVAS IRÃO SER OBSERVADOS PARA PASSAGEM DE GRUPO.

A CA TERÁ DOIS ARBITROS INTERNACIONAIS NOMEADOS PARA ESSA OBSERVAÇÃO. NO FINAL AMBOS ELABORAM UM RELATÓRIO DANDO NOTA POSITIVA OU NEGATIVA PARA PASSAGEM AO GRUPO A TERÁ O ARBITRO DE TÊR NO MINIMO TRÊS NOTAS POSITIVAS.

PARA PASSAR DE GRUPO CADA JUIZ DO GRUPO A SERÁ INFORMADO PELA CA DA CBA QUE PROVAS IRÃO SER OBSERVADOS PARA PASSAGEM DE GRUPO.

A CA TERÁ DOIS ARBITROS INTERNACIONAIS NOMEADOS PARA ESSA OBSERVAÇÃO. NO FINAL AMBOS ELABORAM UM RELATÓRIO DANDO NOTA POSITIVA OU NEGATIVA PARA PASSAGEM AO GRUPO A TERÁ O ARBITRO DE TÊR NO MINIMO CINCO NOTAS POSITIVAS .

PARA PASSAR DE GRUPO A A INTERNACIONAL CADA JUIZ DO GRUPO A SERÁ INFORMADO PELA CA DA CBA QUE PROVAS IRÃO SER OBSERVADOS PARA PASSAGEM DE GRUPO.

A CA TERÁ DOIS ARBITROS INTERNACIONAIS NOMEADOS PARA ESSA OBSERVAÇÃO. NO FINAL AMBOS ELABORAM UM RELATÓRIO DANDO NOTA POSITIVA OU NEGATIVA PARA PASSAGEM AO GRUPO A TERÁ O ARBITRO DE TÊR NO MINIMO NOVE NOTAS POSITIVAS.

A CA SEMPRE ACATARÁ OS RELATÓRIOS DOS OBSERVADORES PARA PASSAGEM DE GRAU E APENAS EM CASO DE EMPATE E TENDO ALGUM MEMBRO DA CA ESTADO PRESENTE NA PROVA EM QUE ISSO ACONTECER , PODERÁ ESTE EMITIR RELATÓRIO COM O SEU PARECER. A CA SEMPRE INFORMARÁ O ÁRBITRO EM OBSERVAÇÃO DA IDENTIDADE DOS OBSERVADORES.

A CA TENDO EM VISTA ATUAÇÃO MENOS FELIZ DE ÁRBITRO PODERÁ SE ASSIM ENTENDER , INFORMANDO O INTERESSADO DISSO E EXPLICANDO OS MOTIVOS , REBAIXA-LO DE GRUPO.

DOS GRUPOS:

ANALISADO O QUADRO DE ARBITROS DE AGILITY ACTUAL DECIDIU A CA.

GRUPO C
MARIA CECILIA ODA TEIXEIRA – IMPEDIDO
JOAQUIM CARLOS FERREIRA ROCHA– IMPEDIDO
MARCELO FRANCISCO NEGRETTI– IMPEDIDA
REGINA AOKI– IMPEDIDO
RICARDO PINHEIRO NASCIMENTO
LIGIA OLIVEIRA– IMPEDIDO

GRUPO B
CARLOS CORREA– IMPEDIDO
JOSÉ ERNESTO GALVÃO FERREIRA
JOSE ROBERTO SOUZA DIAS RIBEIRO
TIAGO R. VIEIRA
AURÉLIO SHUBERT
ALEXANDRE BORGES
ANDRÉ FILIPE CORREA RODRIGUES– IMPEDIDO
CARLOS ALBERTO NUNES– IMPEDIDO
FERNANDO FIGUR
FERNANDO LEIBEL
MARCOS RANGEL ROCHA COELHO– IMPEDIDO
RAPHAEL BORGES RODRIGUES– IMPEDIDO
ROBSON GIGLIO– IMPEDIDO
ROGÉRIO GUEDES RODRIGUES– IMPEDIDO
STEFANO SQUERLINE– IMPEDIDO

GRUPO A
PAULO ROGÉRIO L.PRADO– IMPEDIDO
ANTÓNIO JORGE PAIS
SÉRGIO DIAS– IMPEDIDO
LEONARDO T . G. OGATA– IMPEDIDO
CAMILA SAKAVICIUS
GIOVANNI BARSANTI FILHO– IMPEDIDO
DIEGO CARRASCO
JOSÉ LUIS FILHO
MAURO ZIMENEZ– IMPEDIDO

INTERNACIONAIS
ARTUR LICINIO PEREIRA PIRES
DAN WROBLEWSKI
EUGÉNIO DAVID MINET
FLÁVIO TAMAIO
SAM GOTLIEB– IMPEDIDO
SAMIR ABU LAILA

DECIDIU AINDA ESTA CA PROPÔR Á CBA , PARA QUE ESTA REMETA Á CBKC E POSTERIORMENTE Á FCI , A PASSAGEM Á CATEGORIA DE JUIZ INTERNACIONAL OS SEGUINTES JUIZES:

DIEGO CARRASCO
JOSÉ LUIS FILHO

DECIDIU AINDA ESTA CA PROPÔR Á CBA , PARA QUE ESTA REMETA Á CBKC E POSTERIORMENTE Á FCI , A ANULAÇÃO DA CATEGORIA DE INTERNACIONAL AO SR DENIS FABIANO PISSARO.

PROPÔR Á CBA O AUMENTO PARA TRÊS JUIZES EM CADA PROVA NACIONAL OU ESTADUAL ( OBRIGATÓRIA NO ESTADO DE SÃO PAULO E FACULTATIVA ATÉ NOVA PROPOSTA NESSE SENTIDO NOS DEMAIS ESTADOS ), SENDO QUE:

INICIANTES – ÁRBITRO GRUPO C , B , A OU INTERNACIONAL
GRAU 1 - ÁRBITRO GRUPO C , B , A OU INTERNACIONAL
GRAU 1 - ÁRBITRO GRUPO C , B , A OU INTERNACIONAL
GRAU 2 - ÁRBITRO B , A OU INTERNACIONAL
GRAU 3 - ÁRBITRO GRUPO A OU INTERNACIONAL

PROVAS INTERNACIONAIS APENAS ARBITRO CATEGORIA INTERNACIONAL, INDEPENDENTE DOS GRAUS A JULGAR.

O JUIZ DO GRAU III ENVIARÁ A POSIÇÃO DA ZONA DE CONTAO PASSARELA AOS JUIZES DOS INICIANTE E GRAU 1. O JUIZ DO GRAU III FARÁ AS PISTAS DOS GRAUS II E III SENDO QUE ELE APENAS JULGARÁ O GRAU III.

Central de Carteiras
Últimas Solicitações
Renovação de Carteira
Novas Carteiras
Buscar uma Carteira
Noticias