<b>WC2008:</b> a seleção canadense - CBA - Comissão Brasileira de Agility
WC2008: a seleção canadense
Notícia publicada dia: 24/08/2008
Como acontece em todos os anos, o Canadian Agility Team novamente atualizou seu site com informações das duplas que representarão o Canadá no Mundial de Agility desse ano.

Representando o Canadá no Mini, temos:

- Suzanne e Copine, seu Pastor de Shetland. Competiram no Mundial de 2006 e 2007.

Pela experiência, pode fazer parte do time Mini do Canadá, porém não ajudou muito o Canadá ano passado. Eliminaram no 3º salto do Jumping por times. Não mostraram muita sintonia em pista.

- Justine Davenport e Bounder, outro Pastor de Shetland, que também esteve no Mundial de 2004, 2005, 2006 e 2007. Com certeza estará no time Mini.

- Suzanne Boldt e Flip, outro Pastor de Shetland Canadense. Estreando em Mundiais, Suzanne tem apenas 18 anos, mas já pratica Agility há 9 anos. Foi o melhor cachorro canadense no Top 10 da NADAC (North American Dog Agility Council). Pelo visto, terão boas chances individualmente. Acredito que não competirão por times.

- Roxanne Pardiac e Munroe, um Parson Russel Terrier. Também estreando em Mundiais, aposto nessa dupla para completar as duplas do time Mini canadense.

Esse ano não teremos a experiente dupla Seanna O’Neill e Dart, que embora não fosse um dos cães mais rápidos, tinha uma trajetória excelente e seria uma boa ajuda para o time Mini do Canadá.

No Midi está a maior chance do Canadá, com Lucie Dessureault e Nitro, mais um Shetland. Fizeram o segundo melhor tempo no Jumping do ano passado (perdendo apenas para Silvia Trkman e La), mas tiveram azar na pista de Agility. É um cachorro rápido, com uma boa trajetória e passarela, e um ótimo Slalon. Se Lucie correr mais, tiver uma condução melhor e mais agressiva, essa dupla é uma possível candidata ao título. Representaram o Canadá em 2004, 2005, 2006 e 2007.

Justine Davenport novamente leva dois cães ao Mundial, competirá também com Chase no Midi. Individualmente, a dupla cometeu alguns erros, mesmo depois de eliminados cometeram alguns refugos. De acordo com o número de duplas canadenses, acredito que nesse Mundial competirá apenas por time. Mais uma dupla experiente, representa o Canadá desde 2004.

Completando o Time Midi do Canadá, já que inscreveram apenas 3 cães nessa categoria, está Richard Ford e Stevie Ray, uma Sttafordshire Bull Terrier. Será que vai ser o suficiente para bater todos os Shelties, Pirineus e Border Collies do Midi?

E agora, no Standard, voltamos aos Border Collies. No Mundial do ano passado, o Canadá não levou nenhum Border Collie. No lugar deles, tivemos muitos Kelpies, alguns deles competirão esse ano novamente.

Theresa Rector e Phoenix, uma Kelpie, competirá novamente pelo Canadá. No ano passado, Theresa competiu com Infinity, outro Kelpie.

Wendy MacLellan e Kaizen, outro Kelpie, estão na seleção assim como em 2007. Trajetória não é o forte de Kaizen, mas tem uma ótima retomada e salta muito bem em retas. Wendy esteve também no Mundial de 2004, na Itália, com sua Malinois Raya.

Nicola Snook e Roper completam a lista dos Kelpies canadenses. Estiveram também em 2007. Qualquer exercício que exija distância será um problema para a dupla, pois Roper abre muito nas curvas se não for pressionado. Não é uma dupla competitiva, acredito que estarão entre os 3 cães do Time Standard do Canadá.

Resumindo, curvas serão um problema para os Kelpies. Como desde o mundial passado temos o juiz de subida de zona de contato, provavelmente teremos “pegadinhas” para que os cães queimem a zona de subida. No ano passado, todos os Kelpies canadenses queimaram a zona da subida da passarela.

Linda Orton-Hill e Spirit, seu Golden, também viajarão novamente com os canadenses. Não são uma dupla competitiva, mas Linda “compensa seu peso” se posicionando bem. Mas não corre tanto quanto a Sylvia Vaanholt!

Agora vamos aos Border Collies canadenses.

Tiffany Salmon e sua Border Collie, a Rio, estréiam em Mundiais esse ano.

Susan Garret e Encore, sua Border Collie, também representarão o Canadá esse ano. Susan Garret é uma das mais famosas comportamentalistas do mundo e ministra diversos cursos de Agility. Encore tem uma ótima trajetória e Susan Garret conduz bem, provavelmente farão parte do Time Standard do Canadá.

O último Border Collie para completar a equipe do Canadá é Fizz, conduzida por Adrian Rooyakkers. Adrian tem uma escola de Agility no Canadá e está estreando Fizz em um Mundial. Mais uma que competirá apenas individualmente.

Para completar: Adrian e Richard serão os dois únicos homens da seleção canadense. No ano passado, a seleção canadense foi formada apenas por mulheres.

Renan Campos

Central de Carteiras
Últimas Solicitações
Renovação de Carteira
Novas Carteiras
Buscar uma Carteira
Noticias