<b>WC2008:</b> Campeões do Mundo em 2002 - CBA - Comissão Brasileira de Agility
WC2008: Campeões do Mundo em 2002
Notícia publicada dia: 27/08/2008

Era apenas o quarto Mundial de Agility do Brasil, que é disputado desde 1992, alguns países, principalmente os da Europa já estavam no 11º. A equipe foi composta apenas por cães Standard. Parece que já fazem séculos, porém foi a seis anos atrás, vai ser ainda, já que em 2002 ele foi disputado em outubro.

Em março completei cinco anos de agility e não tive a oportunidade de torcer pelo Brasil na época em que foram Campeões, como muitos alias que estão hoje dentro do esporte. É como os campeonatos do Brasil no Futebol (1958/1962/1970/1994/2002), não vi os três primeiros mas me orgulho de ser penta.

Em 2002 pela primeira vez tivemos Minis e Midis competindo separadamente, fato que não fez a menor diferença para nós, visto que nossas seis duplas eram Standards. Dois condutores e dois cães faziam suas estréias. Eugenio com Fidel ambos nunca haviam competido, Samy com Amy e Blue que quase competiu com Zézinho em 1999, mas que fez sua estréia com Dan. Além de Eugenio, Dan e Samir também estavam na equipe.

Brasil Campeão Mundial Standard

O Brasil vinha de duas conquistas no Américas e Caribe na categoria Standard, tanto no individual quando por equipes, o crescimento da equipe Standard, também em mundiais era notório, em 2000 a 23ª colocação, em 2001 já aparece na 8ª, mesmo assim faltava para as duplas brasileiras a velocidade que sobrava para as Européias. A tática usada pelos Brasileiros foi entrar em pista e não cometer faltas e na primeira, das duas, nossas duplas entraram, não cometeram erros e terminaram na primeira colocação. Esse resultado dava ao Brasil o direito de ser a última equipe a entrar na segunda pista, uma real vantagem, permitindo analisar os demais times.

A regra da disputa por equipes havia mudado. Em 2001 quatro duplas entravam e o pior resultado era descartado, logo as equipes com cães rápidos poderiam ir arriscando até onde fosse possível, o que não foi permitido em 2002.

O último duo a entrar em pista, precisando zerar, sob pena de cair para a 3ª ou 4ª colocação foi Tamaio com Billy 1. Segundo Dan o ginásio estava todo quieto aguardando o final da apresentação da dupla, que foi impecável, zerada, levando o Brasil ao topo do Agility mundial no dia 5 de outubro de 2002. Um momento único e impossível de esquecer.

Veja os resultados das nossas duplas:

Standard

17º Tamaio/Billy1 - Border Collie*

19º Eugênio/Fidel - Border Collie*

27º Dan/Blue - Border Collie

92º Samy/Amy - Border Collie

93º Samir/Billy Boy - Border Collie*

      Tamaio/Bilão - Border Collie
- Sem colocação

Por equipes 1º

Ano passado durante a II Copa CBA foram oferecidos prêmios especiais, três, um a cada duas etapas. Cada um deles levou o nome de um dos cães que conquistaram o título. Billy 1 com Tamaio, Billy Boy com Samir e Fidel com Eugenio.

Fabiano Estigarribia





Atualizado dia 28/08 as 23:14.


Central de Carteiras
Últimas Solicitações
Renovação de Carteira
Novas Carteiras
Buscar uma Carteira
Noticias