<b>Na pré pista:</b> Luciana Spinelli - CBA - Comissão Brasileira de Agility
Na pré pista: Luciana Spinelli
Notícia publicada dia: 27/08/2008
Começamos hoje mais uma sessão aqui no site da CBA. Embora sempre falamos e o que publicamos aqui são os resultados, que nas provas apenas vemos as duplas em pista... O que acontece na pré-pista? O quanto cada um se esforça para estar em pista e conseguir o melhor do seu cão, ou, simplesmente, a melhor diversão com o seu cão?

A intenção do “Na Pré Pista” é justamente essa. Mostrar o quanto somos diferentes em diversos aspectos, coisas que nem conhecemos uns dos outros, mas o quanto também somos iguais.

Pensei em começar isso a muito tempo atrás, a coluna já tinha nome mas não havia iniciado, voltei a pensar nela após a sugestão do Fábio de Recife no fórum da CBA.

A pergunta era: Com quem começar?

Poderia começar com diversas pessoas, muitos aqui que fazem o Agility acontecer. E lembrei da Luciana.

Resolvi que a Luciana deveria começar essa coluna porque em toda prova, mesmo “de longe” observo ela tentando melhorar alguma coisa. A Luciana de hoje não é a mesma que conheci quando comecei, já evoluiu muito e continua evoluindo a cada pista. Prova disso é o Grau 3 do Enzo, o 4º lugar no Campeonato Brasileiro, no Grau 2 Standard, com o Ricco que não é nada fácil...

Na época do Américas & Caribe desse ano, conheci um pouco mais a Luciana e entendi o quanto o Agility significava para ela. E após receber a entrevista, tenho certeza que estava certo.

Na pré pista, Luciana!


Comecei a frequentar uma escola de adestramento de cães levando uma Rottweiller, a Pandora, para adestrar com a finalidade de fazer guarda na minha casa. Um dia cheguei na escola e vi na pista vários obstáculos e uma pessoa treinando. Fiquei admirando aquele treino e essa pessoa veio até mim e disse que era Agility, me deu algumas explicações sobre o esporte e logo me convidou para assisitir uma prova oficial.

Eu aceitei e foi nessa prova que fez mudar tudo na minha vida:

1º Vi um condutor conduzindo um Rottweiller e, depois de assistir a passagem da dupla, decidi que a Pandora não ia ser treinada para guarda e sim Agility;

2º Tive o prazer de conhecer a raça, que para mim, é a mais maravilhosa e apaixonante que existe: o Border Collie. Não me restou dúvidas, eu ia TER um Border, e alguns meses depois dessa prova peguei o Enzo.

Comecei a treinar agility e em Fevereiro de 2004 estreei a Pandora no iniciante, participei de várias provas, enquanto isso treinava meu filhote.

No dia 20/11/2004, fiz a minha estréia com o Enzo no iniciante, numa prova do Campeonato Brasileiro em Resende-RJ, onde zeramos o percurso e conquistamos o 1º lugar no pódium.

Daí para frente me dediquei cada vez mais ao agility, fiz 3 cursos internacionais e fui em busca das melhores técnicas para conduzir bem o Enzo.

Com ele tive muitas emoções e conquistas e a que mais marcou para mim foi ter sido premiada como Revelação do Ano de 2005 pelo site AN.

Por amar tanto o agility e também a raça Border Collie, peguei mais um para conduzir, que é o Ricco.

Fiz 2 coisas que considero a maior loucura que tenho pelo Agility: mudei do bairro (Santana-Zona Norte) que nasci e vivi a maior parte da minha vida, e vim morar na Zona Leste para estar perto da escola de Agiltiy que treino. E a outra foi ter viajado para Argentina, rumo ao Américas & Caribe, largando aquí meu marido e meus três Borders Ricco, Backer e Jay, pois nunca tinha viajado sem o Haroldo.

Mas a emoção de estar lá naqueles 3 dias de competição foi UNICA, que eu considero a melhor da minha vida, me saí muito bem com o Enzo, competi em 6 pistas, não desclassifiquei em nenhuma, zerei 3 e as outras com poucas faltas.

Com o Ricco sigo o mesmo caminho. No último Campeonato Brasileiro, terminamos em 4º lugar no Ranking G2, uma ótima colocação, pois passamos para o Grau 2 no meio do Campeonato.

O Agility mudou a rotina das nossas vidas (minha e do meu marido Haroldo, que também compete com 2 Borders), pensamos sempre em 1º lugar no Enzo, Ricco, Backer e Jay pois eles gostam e necessitam de atividade. Assim como nós, os cães adoram praticar o agility, treinamos 3 vezes por semana e estamos presentes em praticamente todos os campeonatos.

Hoje não me vejo sem praticar esse esporte tão lindo que é o Agility.

Central de Carteiras
Últimas Solicitações
Renovação de Carteira
Novas Carteiras
Buscar uma Carteira
Noticias