<b>Blue</b> um cão histórico - CBA - Comissão Brasileira de Agility
Blue um cão histórico
Notícia publicada dia: 24/09/2008
Quem não conhece o Blue, não conhece o Agility brasileiro. E esse será o homenageado da vez.

Blue, no pedigree chamado como Lad de Preton, nasceu no dia 1º de Julho de 1998, ou seja, completou agora em 2008 uma década de vida. Em 1998, Dan foi até Porto Alegre para realizar uma prova de Agility e lá conheceu o criador do canil Preton com três Border Collies (tivemos alguns outros cães importantes que vieram desse canil: Billy Branco, do Tamaio; Amy, do Samy, etc). Bem, um deles era o Blue, Dan voltava com um cão a mais e isso mudaria toda a sua vida.

O Blue foi o primeiro Border Collie do Dan, essa é a explicação. Após isso, a paixão pela raça fez com que Dan iniciasse a criação de Border Collies e o resto da história todos conhecem, é atualmente o canil com mais cães de sua criação no Agility Brasileiro, independente da escola em que competem, tendo alguns representantes em outros países, como Chile, Argentina, Portugal, México, etc. Infelizmente, Blue foi constatado com displasia coxo-femural D e foi retirado da criação. Antes a isso, teve a Noya, cadela que representou muito bem o Brasil nas competições, sendo conduzida pelo Zézinho.

Os títulos desse cão são muitos, fica difícil encontrar todos devido ao tempo de atividade. Já representou o Brasil no Mundial de Agility e também conquistou o 3º lugar no Américas e Caribe do Peru. Mais recentemente, sendo conduzido pelo Sidnei, conquistou o 2º lugar do Grau 2 Standard no último Campeonato Brasileiro, mesmo sem competir em algumas etapas.

Blue é um cão incansável, mesmo com a sua idade. Não é difícil encontrá-lo pegando alguma fruta da árvore que fica em seu canil, sempre que ele vê alguém, transformando a fruta em uma bolinha, sua paixão. Blue é daqueles Border Collies que querem que você jogue qualquer coisa para que ele busque e traga até você – 500 mil vezes. Carinhoso, ativo, brincalhão, companheiro, é a imagem perfeita do temperamento do Border Collie.

Foi treinado pelo Zezinho e pelo Jésus e ensinou o Dan a conduzir (não apenas o Dan, como muitos condutores que já passaram por aqui). Dan considera que Blue abriu as portas para que muitos aprendessem sobre o que é o Agility, e por isso está presente no logotipo do Dog World. É impossível contar o número de pessoas (brasileiras ou não) que já conduziram o Blue em uma pista de Agility (ele, certamente, sempre muito feliz em fazê-lo).

Essa pequena “homenagem” é mais do que merecida a esse cão que ajudou o Agility Brasileiro a conquistar muitos títulos, além de ter ensinado tantos condutores, espalhados pela América Latina, que praticam Agility até hoje. "Se tudo der certo e o Blue estiver bem, ele encerrará a carreira de competições no A&C de 2009 onde será homenageado por mim e pelo DW" diz Dan.

Parabéns Dan! Parabéns Blue!

Renan Campos

Central de Carteiras
Últimas Solicitações
Renovação de Carteira
Novas Carteiras
Buscar uma Carteira
Noticias