<b>Criadores Campeões</b> - CBA - Comissão Brasileira de Agility
Criadores Campeões
Notícia publicada dia: 13/11/2008
Duas semanas antes do início do Mundial 2007, eu escrevi no site da CBA sobre a importância dos criadores espalhados pelo mundo para o crescimento do Agility. A evolução das raças selecionadas pelos criadores, tanto em estrutura e tamanho, quanto em saúde e temperamento, deve ser um dos principais aspectos a serem observados na busca por um cão mais competitivo.

No Mundial do ano passado, falei sobre alguns criadores: Bernadette Bay, do Canil O’Bay Shelties, da Inglaterra, levou 3 shelties de sua criação ao Mundial, competiu com um e levou o time Midi da Inglaterra a 2ª posição. Já nesse Mundial, Indiana, a sheltie da Nicola Garret que também é de criação do O’Bay Shelties, ficou com o 2º lugar no Jumping Individual Mini e o 2º melhor tempo no resultado Combinado.

Porém, ainda no Mundial do ano passado, falei sobre dois criadores brasileiros: Dan Wroblewski, do Canil dos Pardais, criador de Border Collies; e Cristiane Nanô, criadora de Pastores de Shetland.

Esse ano eles têm motivos ainda melhores para se orgulharem de sua criação. Os cães da criação de ambos ocuparam o topo do pódio nos times Standard e Mini, consagrando-se então como Campeões Mundiais.

Conversando com Cristiane Nanô, ela nos contou um pouco sobre Skipper e Blanka quando filhotes. “Alex veio procurar um filhote que ficasse pequeno, para competir especificamente na categoria Mini. Eu tinha o Skipper, bem pequeno em termos de tamanho e estrutura. Era um filhote alegre e brincalhão. O Alex na época fez uns testes com ele, com bolinha inclusive, gostou do filhote e o levou.

A Kátia veio com o Alex ao meu canil, procurando uma fêmea para Agility. A Blanka era também bem ativa e carinhosa. Também foram feitos alguns testes com ela e a Kátia a levou.

Nem o Skipper nem a Blanka eram os mais dominantes de suas ninhadas, nem os mais agitados. Eram sim curiosos e que buscavam contato, carinho”, disse Cristiane. A Candy, embora não seja de criação do canil Von Kempten, é filha de uma Sheltie criada no Von Kempten.

Falando sobre os três Border Collies marrons de sua criação, do Canil dos Pardais, Dan Wroblewski comentou: “Tanto o Dino quanto o Dino Brown eram dois excelentes cães, os melhores da ninhada. O Samir tinha a primeira escolha, porque era o dono do Magic. Embora estivessem com medo de que o Dino se tornasse um cão pesado, disse a eles que ambos os cães tinham grande potencial e que o Dino provavelmente ficaria mais bonito que o Dino Brown.
Assim, o Samir escolheu o Dino Brown por ser mais leve e o Zezinho ficou com o Dino. Hoje vejo que, com o bom trabalho feito pelos dois, o que eu pensava estava certo.

A Gaya, a 3ª integrante desse time Campeão Mundial, é sobrinha dos dois Dinos. A sua mãe é filha da Dina, que é holandesa, com o Tapache, que é italiano. O seu pai é o Fred, do Ademar, foi uma ninhada que deu certo. É um dos melhores cães de nosso Agility, também foi muito bem treinada pelo Bruno e o resultado está ai.”

Perguntei aos criadores o que mudaria em relação a sua criação. Cristiane disse: “É muito bom ter um fato desses no curriculum de uma criação. Creio que não haverá nenhum tipo de mudança nos critérios que eu uso para acasalar ou cuidar de uma ninhada. Uma combinação do cão certo nas mãos de pessoas certas dá bons resultados. Fico feliz que tive o privilégio de acontecer comigo.”

Perguntei o mesmo ao Dan, que disse: “Isso faz com que eu não mude, mostra que estamos no caminho certo em relação a criação. Temos uma linha de sangue muito boa aqui, a Dina é holandesa; o Magic, pai dos Dinos, é francês; o avô da Gaya é italiano; além de muitos cães brasileiros, principalmente o Billy Boy que ajudou muito na criação brasileira como um todo. Fomos melhorando nosso plantel para conseguirmos os resultados que temos hoje.

Dos Border Collies que estiveram no Mundial, o que nem todos sabem é que todos têm alguma relação com a minha criação. Além dos três campeões Mundiais, o Chester é um de nossos padreadores, o Billy Junior da Marta já foi usado como padreador aqui e o Magic, da Marcela, é neto do Blue e da Bruma, os cães que iniciaram a nossa criação de Border Collies.

Nossa criação se destacou no mundo a fora, agora devemos continuar com o bom trabalho que estamos realizando porque a procura já começa a aumentar.”

A CBA, junto a CBKC, está tentando melhorar ainda mais a nossa criação de cães para Agility, que têm se mostrado eficiente, mas queremos ampliá-la para demais raças. “Finalmente houve o reconhecimento da importância do trabalho realizado pelos atletas humanos e caninos, da dedicação, da seleção dos cães, do investimento de tempo, energia e dinheiro, enfim. É muito bom ver o Brasil ganhando primeiro lugar num evento internacional, esportivo e de grande importância”, opinou Cristiane.

Ainda nesse ano de tantas conquistas para o Agility Brasileiro, conseguimos, junto à CBKC, o reconhecimento dos títulos de Agility para os pedigrees dos cães. Além de criador, Dan Wroblewski faz parte da Comissão Brasileira de Agility que conquistou esse resultado. Questionado sobre o assunto, Dan disse: “Esses títulos são bem importantes em diversos países, nos Estados Unidos é tão importante quanto qualquer outro título de beleza. É mais uma oportunidade para quem cria e precisa de títulos de trabalho e não apenas de exposição, além de ajudar o criador a saber se determinada linha de sangue é boa de temperamento, completando então uma importante ajuda para a seleção do plantel.
Talvez para quem está no Agility isso não mude, pois sempre selecionamos os melhores com os melhores, tanto de temperamento quanto de estrutura. Mas a longo prazo facilitará para que continuemos fazendo essa seleção. É uma forma mais eficaz de selecionarmos os nossos cães com o melhor desempenho.

Além disso, divulga mais os criadores e aumenta a seleção para os cães não apenas com a melhor estrutura, mas também com o melhor temperamento.Também divulga mais o agility entre os criadores e novos donos,popularizando pouco a pouco o esporte.”

O Agility brasileiro mostra que está cada vez mais no caminho certo, em todos os sentidos!

Renan Campos

*Agradecemos os criadores Dan Wroblewski e Cristiane Nanô por responder as nossas perguntas.

Para conhecer mais sobre o Canil Von Kempten, acessem: www.sheltie.com.br
Para conhecer mais sobre o Canil dos Pardais, acessem: www.bordercollie.com.br

Central de Carteiras
Últimas Solicitações
Renovação de Carteira
Novas Carteiras
Buscar uma Carteira
Noticias